sábado, 25 de abril de 2020

Oito anos de blog. E agora?

Há oito anos, vendo-me aproximar perigosamente dos 30, comecei este blog. Durante alguns anos partilhei assiduamente as aventuras e desventuras da minha vida, gozei com muita malta e, mais raramente, opinei a sério sobre alguns temas. 
Ao desabafar aqui sobre o o que me ia na alma, acabei por conhecer algumas das pessoas incríveis que durante muito tempo me seguiram.
Por vários motivos, fui-me afastando e dei por mim a deixar passar meses e meses entre publicações. A última que fiz, vai quase para um ano, foi sobre a questão de fechar ou não o blog de vez. E não, ainda não consegui decidir. 
Agora, a aproximar-me a passos largos dos 40, e cada vez com menos paciência para as redes sociais e para a estupidez humana que por lá abunda, questiono-me se realmente não vale a pena remar um bocadinho contra a maré e voltar a investir a sério neste tasco. Ou neste, ou num novo. 
A ver vamos. 

2 comentários:

  1. INVESTE! eu sou um zombie. ainda ando por cá de quando em vez.

    ResponderEliminar
  2. Investe no tasco sem dúvida! Temos que ressuscitar um pouco este mundo, que já anda por aqui pouca gente e quase tudo é algo no linear depressivo...vá vá...vamossssss!

    ResponderEliminar