segunda-feira, 3 de abril de 2017

Já parti o pipi. Agora ia partindo o popó.*

* Diz a minha amiga Lu!

Pois é minha gente. Na quinta-feira achei por bem mandar-me escadas abaixo. Ia eu, toda feliz, de malas na mão, para começar a mudar de casa, quando escorreguei e assentei com o rabo em cheio na esquina de um degrau. 
A burra da minha ex-senhoria tem uma passadeira nas escadas. Devidamente presa, como se quer. Mas, não contente, e para não se estragar aquela preciosidade, acha por bem ter ainda outras passadeiras por cima daquela. Além de jarrões nas esquinas da escadaria. Resultado? Ao tentar desviar-me com as malas dos jarrões, pisei uma parte mais estreita do degrau e, como o pé não ficou bem apoiado, escorregou na merda da passadeira. Claro que lambi logo mais dois ou três degraus e o que parou o escorreganço foi o facto de ter aterrado, desamparada, de rabo numa escada. 
E as dores minha gente?? Posso dizer que chorei e não foi pouco! Achei mesmo que tinha partido qualquer coisa.
A sexta foi passada na cama, deitada de lado e a dizer mal da minha vida sempre que tinha de me mexer e, no sábado, já conseguia andar, com algum cuidado. As drogas duras ajudaram bastante a passar estes dias. Viva as drogas!
Entretanto hoje já pareço uma pessoa mais normal a andar, mas ainda tenho aqui de lado uma dor que me incomoda e que me faz mancar ligeiramente. Espero que isto passe e que não me tenha lixado a coluna. Parece que já consigo sentir a minha ciática a querer atacar...

4 comentários:

  1. E não fizeste um raio X, como mínimo para garantir que não tens nada mais grave e acautelar isso da coluna?

    ResponderEliminar
  2. Desejo as melhoras,se fosse comigo essas passadeiras soltas iam logo para o lixo e caso não saiba é PPROIBIDO jarros e vasos nas escadas!! Há legislação nesse sentido!

    ResponderEliminar