quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

La La Land e a lágrima no canto do olho

Ontem fui ao cinema ver o La La Land. Sim, é tão bom como dizem. Sim, ajuda ter ao lado um primo que sabe tudo e mais alguma coisa sobre cinema e que explica as referências a outros filmes, em cenas que parecem demasiado estranhas.
E, minha gente, fiquei com uma lágrima no canto do olho. Duas vezes! A culpa é da música. E da história de amor. Tão linda, sem ser a típica lamechice.

Mais não digo. Ide ver!

2 comentários:

  1. Eu nem sou fã de musicais, mas adorei o La La Land. Achei a história (até que) simples mas bem desenvolvida, bem escrita. E aquele fim... e sim, gostei tanto das músicas que ando a ver se encontro a banda sonora em vinyl.

    ResponderEliminar