sábado, 7 de maio de 2016

Um dia mordem a língua e morrem envenenadas.

Se eu gosto da minha terrinha? Muito. Se gosto das pessoas que vivem na terrinha? Tirando meia dúzia, não! 
É gente que não tem o que fazer e que gasta demasiada energia a falar da vida alheia. Ainda por cima dedicam-se à arte da divinação e inventam histórias do arco da velha. 
Parece que desta vez me calhou na rifa ser o alvo.

Já disse que odeio pessoas?

Sem comentários:

Enviar um comentário