quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Não desespereis. Estou viva!

Simplesmente passei a semana toda a viver entre duas cidades, de mala no carro, e tem sido assim para o cansativo. Quando estiver definitivamente instalada conto tudo.
Para já só posso dizer que sinto muito a falta do metro. Odeio pessoas, especialmente as que andam ao volante.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Isto pega-se??

Por incrível que pareça, os meus vizinhos de cima ainda estão com obras em casa! Ainda minha gente!
Volta e meia, estou eu no sossego, a ver um filme ou a trabalhar e pimba! Uma broca. E pimba outra vez. Umas marteladas.
No fim de semana a história continuou e tive ganas de lhe chamar a polícia. Mas pensei que devo tentar ser uma pessoa melhor, ter paciência e essas tretas todas. 
Na terça feira fui ajudar uma pessoa que já me fez a vida negra e não merece o suor dos meus dedinhos no teclado. Mas lá veio a treta do 'eu sou melhor do que ela e não vou ser igual'.
Não sei que se passa comigo. De repente até pareço boa pessoa. Por este andar, qualquer dia tenho de criar uma tag a dizer 'Lois fez uma boa acção'.
Que medo.

Ano novo, vida nova.

Por norma gosto muito de mudanças. Mas estou prestes a fazer algumas (bastantes) e, desta vez, está a custar um bocadinho.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Dizei-me lá onde é que eu tinha a cabeça quando me vim meter num curso de programação!!!
JavaScript?? Php?? Pfff! Tudo fácil minha gente.
Só que não.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Não está chuva nem orvalho... está um frio do caraças.

O problema de estar na sala a trabalhar com os pés embrulhados numa manta e aquecidos pela bela da botija, tal e qual fazem os velhotes?
Ter de levantar para ir à casa de banho... 

domingo, 17 de janeiro de 2016

Acabada de chegar do cinema!

Estava ansiosa por ver 'A Rapariga Dinamarquesa', por isso lá fiz o sacrifício de ir comer umas pipocas ao Arrábida. Gostei muito do filme, mas não vim de lá maravilhada. Acho que lhe falta ali qualquer coisa. O tal efeito 'uau', que nos faz sair da sala de cinema de cara à banda e a pensar no raio do filme.
E como não quero ser desmancha-prazeres, mais não digo. Ide ver porque, ainda assim, vale muito a pena.

Hoje à tarde estive a ver em casa o Burnt / À Procura de Uma Estrela (raio de nome parvo que haviam de dar em português). E mal apareceu uma moça, comecei a matutar de que filme a conhecia, mas não fui capaz de me lembrar.
Chego a cinema e pimba, lá estava ela de novo, num dos papeis principais. Passei o filme a matutar e continuava sem me lembrar de onde a conhecia. 
Claro que, mal cheguei a casa, fui ao Imdb investigar. Atão: a moça chama-se Alicia Vikander e foi a protagonista do filme Ex Machina, que é só um dos melhores que eu vi no ano passado. E eu não sei mesmo como é que não a reconheci logo! Se ainda não viram, vejam, porque é mesmo, mesmo bom. A moça tem futuro, sim senhora.




quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Pessoal de Braga chamado à recepção!

Há por aqui alguma alminha de Braga??? Preciso de umas informações!

O cinema ficou mais pobre.

Não sou daquelas pessoas que costuma dar grande importância quando morre alguém conhecido. Conhecido do público em geral, não meu pessoalmente, entenda-se. 
Mas neste caso, sendo eu fã absoluta de Harry Potter e do Love Actually e de tantos outros filmes em que ele entrou, não podia deixar de lamentar a partida do grande ator Alan Rickman, que tão bem interpretou o Snape.

Se no primeiro filme, a cara dele não correspondeu de todo à imagem mental que eu tinha construído do professor mais odiado de sempre, depois acabei por me habituar e, provavelmente à semelhança de todos os fãs de HP, foi a ele que passámos a associar a imagem do Snape. 

Com o desenrolar da história vamos percebendo que há algo de ambíguo no personagem. Umas vezes é mau, outras horrível e, outras ainda, quase desconfiamos que pode ser bom. A confirmação vem no final, tragicamente digno de um herói improvável. 

E por isso ficamos sempre um bocadinho ligados ao Snape. Uma das mais importantes personagens no desenrolar de toda a história de HP. E por isso fico triste de ver o ator partir. 

RIP Snape. 

- After all this time?
- Always.





domingo, 10 de janeiro de 2016

Terrinha: a produzir personagens desde 1513 - Parte IV

Estais recordados desta moça? Pois, bem, abandonou a promissora carreira de DJ, aparentemente, para se transformar na Kardashian tuga! 





Agora o dilema: Achais que ela anda a usar aqueles espartilhos que apertam a cintura, para a deixar mais fina. Ou aquilo será mesmo muito treino??

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

O meu novo melhor amigo (e como este título pode levar muita gente ao engano)

Já que estamos a falar de cabelos... Gente: Comprei o alisador! Apanhei o Babyliss Pro ST387E em promoção no El Corte Inglés de Gaia (50 euros, ao invés dos habituais 60 ou mais). Experimentei o bicho e fiquei logo apaixonada. 
É este aqui:


Depois de muita pesquisa, estava mesmo inclinada a comprar desta marca. Tenho um secador Babyliss sei lá há quantos anos e nunca me deu problemas. Então depois de experimentar a prancha, não restaram mais dúvidas. Deixa o cabelo lisinho num instante e tem todas aquelas mariquices que dão muito jeito: tecnologia iónica, para não andar de cabelos no ar; cabo giratório, para não ficar toda enrolada; placas de cerâmica e temperatura ajustável, para não fritar nada; uma ceninha própria para pousar durante a utilização, para não fazer asneiras na mobília. Só lhe falta mesmo tirar cafés. 

Hoje lavei o cabelo, sequei com o secador (isto é considerado um pleonasmo??) e depois alisei. É muuuuuito mais rápido! E não fico com aquelas pontas estúpidas enroladas para fora. Parece que acabei de sair do cabeleireiro. Sério. Deviam-me pagar para eu escrever estas coisas.

O único problema é que se notam mais as pontas estragadas. O que significa duas coisas:
1. Tenho mesmo de ir cortar a juba.
2. Tenho mesmo de comprar um produto para proteger o cabelo do calor. 

Já andei a ver nos supermercados, mas não encontrei nada. Estarei a ver mal, ou estes produtos só se vendem mesmo em lojas da especialidade? Vocês que usam destas coisas: aconselham alguma marca? 

Agradecida!!!

Coisas de gaja: O que fazer com o cabelo!

O meu cabelo necessita de um corte urgente. E estava a pensar fazer o do costume, mais curto atrás, por cima do ombro. Até que pensei: E se eu fizesse uma franja?? Tipo isto:




Tendo em conta que não tenho cabelo liso, a franja é sempre arriscada, mas, uma vez que já comprei o meu super alisador (mal possa faço um post sobre isso), a coisa é capaz de resultar. Que dizeis?

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Tentando colocar o cinema em dia!

Como devem ter percebido pelo último post, estive a ver o filme The Little Prince. Ah e tal, atão mas não é um filme para crianças? É. Mas se querem que vos diga, duvido que a canalha entenda o verdadeiro sentido do filme. Tal como acontece com o livro. A adaptação está muito bem conseguida e a história continua deliciosa. Vale muito a pena ver. 
E não, não têm de ir para a fila do cinema, esperar no meio de um bando de crianças. O Tugaflix tem! 

O que não tem é o The Dressmaker ou A Modista e que eu andava mortinha por ver. Não sendo fã da Kate nem do Liam, mal vi o trailer apontei logo o filme na lista do 'tenho de ver isto um dia destes' e, finalmente, lá fui ao cinema. É uma maravilhosa história de moda, amor, tragédia e vingança, com uma dose de humor pelo meio, que se passa numa terriola da Austrália, algures na década de 50.

Além de uma história espectacular e de um final que não podia ser mais perfeito, tem um guarda roupa incrível! Se, tal com eu, adoram o glamour das roupas nas primeiras décadas do Século XX, têm de ver. Aproveitem e espreitem também Saving Mr Banks, com a maravilhosa Emma Thompson e The Age of Adaline, com a linda de morrer Blake Lively. 

Aproveito e deixo algumas das minhas imagens favoritas!


A Katezinha mostrou que as curvas ficam sempre bem!




Emma Thompson, lindíssima, em Saving Mr Banks

As diferentes décadas de Blake Lively em The Age of Adaline