quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Ando a tentar pôr o sono em dia. O problema é que passo a noite toda a sonhar.
Grande parte desta noite foi passada a fugir de um gajo meio chinoca, de cabelo e bigode compridos (muito parecido com um concorrente do Masterchef) que tinha sido contratado para me matar e cujo último nome era  Heterossexual.
Go figure...

12 comentários:

  1. Respostas
    1. Mais ou menos. Tenho mais tempo livre, mas também tenho menos vontade de escrever. aliás, de fazer coisas no geral! Desempregada há menos de um mês e já quase a dar em maluca!

      Eliminar
    2. Deve ser muito complicado mas dá uma volta ao blog, impleta novas ideias, sei lá...assim distraias-te.

      Eliminar
    3. De facto já precisava de umas mudanças! Vou ver se ganho coragem para me aplicar! :)

      Eliminar
    4. Faz isso que eu estou aqui para incentivar!

      Eliminar
    5. Oh! Obrigada!! :D É engraçado como tenho recebido imenso incentivo de algumas pessoas que só conheço da blogosfera! :)

      Eliminar
    6. E é o que basta.
      As pessoas com quem me dou fora da blogosfera, nem blogs frequentam.

      Eliminar
    7. Eu tive uns comentários anónimos verdadeiramente maliciosos e demasiado pessoais para serem de um desconhecido... Andei uns dias paranóica com aquilo, a tentar descobrir de onde vinham e comentei com algumas pessoas próximas. Curiosamente, depois de dizer que andava a tentar rastrear o IP para chegar à pessoa, nunca mais recebi um comentário daqueles! Eu bem gostava de não ser desconfiada, mas ainda vou tirar a história a limpo com uma dessas pessoas!

      Eliminar
    8. A sério? Eu tenho o blog há tantos anos e nunca tive problemas. Só um gajo que lá vai, estando eu fora anos, assim que faço o primeiro post, ele vai sempre lá comentar. Esse não me largava e uma vez mandou-me a cópia do meu BI porque obteu no sitio que trabalhava.
      Não me meteu medo e ignorei-o. Pouco lhe respondo quando vai lá comentar.

      Eliminar
    9. Eu não publiquei os comentários nem respondi. Mas preocupa-me pensar que realmente pode ser uma pessoa que me é próxima...

      Eliminar