quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Sete anos sem fumar. Nem um mísero cigarro.
Mais não sei quantos sem cafeína.
E mais alguns sem álcool.

E sabem que mais? Nunca me senti tão bem.

Vá-se lá saber porquê, ninguém entende a parte do álcool. Estão sempre a tentar impingir-me um 'copo'. Se soubessem da quantidade de bebedeiras que apanhei entre a escola secundária, a faculdade e os anos seguintes, talvez compreendessem... Algum dia tinha de ganhar juízo. Certo?

1 comentário: