segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Descobri uma nova marca de cosméticos:



Algo que me diz que não iria resultar muito bem no mercado português...

Não se pode ter tudo.

Era suposto eu andar atarefada a fazer a mala e amanhã apanhar um avião para Viena. Era suposto passar lá uma semana inteirinha a passear com as amigas. Mas tenho um emprego novo que, por sinal, é espectacular. Por isso, vou ficar só um bocadinho triste e pensar que uma coisa compensa a outra. 

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Sim, eu também vejo (algumas) novelas. E quê?

Apesar de não ser muito dada a novelas, de vez em quando apanho uma ou outra com histórias diferentes, que me fazem seguir mais ou menos a coisa. Embora eu goste mais do início, perca a paciência pelo meio e volte a ver quando se aproxima o final...
Pois agora que eu me tinha livrado da Guerreira, que dava tardíssimo e me fazia deitar a horas indecentes, a Sic começa a passar uma novela de época, com uma história muito engraçada. 
Para já, ganhou um Emmy Internacional de melhor novela. Depois retrata o início do século XX, com a República acabadinha de implementar, a recente abolição da escravatura, a chegada do futebol ao Brasil e o início da emancipação feminina. Além disso, conta com grande actores, mas, sobretudo, com grandes actrizes, que dão corpo a personagens muito interessantes, como a filha que quer ter uma carreira profissional (e que mais tarde vai escandalizar toda a gente ao pedir o divórcio) e a mãe que ainda não se habituou ao facto de ter deixado de ser baronesa e de ter escravos, tentando, à força toda, que a filha siga os seus passos (retrógrados). Ou seja, o desenrolar da história é sempre baseado numa série de factos históricos e culturais que dão outro interesse à novela, muito para além da simples historinha de amor. E olhem que a desta até é bem bonita e original.

As duas personagens principais lutam por direitos diferentes (e semelhantes ao mesmo tempo).

A má da fita. Que por acaso está linda de morrer nesta novela!

Foi mais forte que eu!

Vi no Face de alguém e não resisti.


É que já não há pachorra para tanto desafio.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Foi preciso vir trabalhar numa empresa estrangeira...

...para finalmente ter condições de trabalho decentes. E para ter no contrato a verdadeira função que estou a desempenhar.

PS: Os posts hoje saem todos de rajada!

O 'tudo ou nada,' o '8 ou 80', o 'não há fome que não dê em fartura', ou como a minha vida deu umas quantas voltas em tão pouco tempo!

Já está na hora de explicar o que raio me aconteceu, não é? Pois bem, eu mudei de emprego! E vocês já estão a reclamar: Ah e tal, isso não é novidade, que já tinhas contado. Não, não estão a perceber. Eu mudei de emprego outra vez!
Ao décimo dia de trabalho na empresa onde tinha entrado no dia 2 de Setembro, despedi-me, porque me ligaram de outra empresa onde tinha ido a entrevista, a dizer que me queriam na equipa. Tendo em conta que eu não estava a gostar nada da experiência nova, só me faltou andar por lá aos pulinhos de contente, até porque esta empresa oferecia condições bem melhores! Mas tive de me conter porque parecia um bocadinho mal. Eles lá cheios de planos para mim e eu, pimba, despedi-me e ala que se faz tarde. 
E voltei para a minha casinha de Gaia! Ou seja, depois de uma trabalheira dos diabos a levar TUDO para a terrinha, tive de voltar a trazer TUDO de volta. A sorte é que a casa estava livre e eu pude voltar para o meu cantinho e para a minha querida rua, de que tanto gosto. 
E para o Porto! Que viver na aldeia é muito bonito e faz muito bem à saúde (água sem cloro, lixívia e outras coisas que tais fez um bem enorme ao meu cabelo e à minha pele) e nem se gasta tanto dinheiro, mas eu gosto muito de estar no meio da agitação. A terrinha fica para os fins-de-semana.
Comecei o novo emprego na quarta-feira passada e estou a gostar muito! 
O único senão disto tudo é que daqui a uma semana devia estar a meter-me num avião a caminho de Viena e não o vou poder fazer... Por muito que custe, tenho de pensar que é por uma boa causa. 
Aqui vou ser feliz. 
Vinha um gajo metro que, das duas uma: ou tinha uma assadura nos tomates, ou fez a depilação e tinha pelos encravados. Estava sentado com as pernas tão abertas que, juro, eu não cabia no lugar do lado!

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

É um rapaz!!

Tenham lá calma, que não é meu. Na verdade, vou ser tia! a melhor amiga da faculdade está grávida. Parece que ainda agora entrámos para a universidade (na verdade faz por estes dias 14 anos. 14!!!!!!!!) e ela já vai ser mãe! Oh pá!

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Ai Miguel, Miguelito...

O Factor X tem muito mais encanto com o 'meu' Miguel Guedes. Acho que já é pública a minha pancada pelo homem. Vocês (mulheres, isto é para vocês. E vá, homens com bom gosto também) já repararam naquela voz? Naquele sorriso? Naquelas mãos? Oh pá. FM, amor, se não fosse cá por coisas, ainda te trocava por ele!!





Já tive oportunidade de falar com o Miguel mais do que uma vez e posso assegurar que, além de inteligente, é uma simpatia. Ai, se eu não fosse quase casada!

Calma minha gente!

De facto a minha vida tem dado muitas voltas, mas não significa que sejam más! Pelo contrário. O que não vai ser fácil é vir cá contar tudo depois. Aguentem só mais uns dias, que em breve ficam a saber tudo!

PS: Não, não vou casar. Não, não estou grávida!

domingo, 14 de setembro de 2014

Não está fácil.

Mas um dia destes ainda vou conseguir vir cá explicar com calma tudo o que se está a passar na minha vida!

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Vou fazer concorrência ao Harry Potter

Perdi a cabeça e comprei finalmente umas sapatilhas novas para correr. Apresento-vos as Asics Nimbus 16! Já fiz o test drive e são qualquer coisa...


quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Sobre essa coisa do mega leak das iclouds das celebridades:

Mas afinal, porque carga d'água é que aquelas gajas têm tanta foto de mamas e pipis no telemóvel??? Será tara de gente famosa? Ou será que ando desactualizada e tenho de deixar de tirar fotos aos por do sol?

Afinal tb tenho anónimos fófinhos.

Confesso que começava a sentir-me um pouco blogo-excluída.


A propósito disto

Estou viva...

... Mas tãaaaaao cansada! Comecei o trabalho novo na terça e, ao contrário do que estava à espera, o início não foi nada leve. Uma hora de viagem para cada lado também não ajudam. A parte boa é que agora tenho os fins-de-semana livres. A má, é que não tenho muita certeza de gostar desta área... 
Hoje a coisa correu melhor e até saí de lá mais entusiasmada. É esperar que continue a melhorar e procurar casa por aqueles lados, a ver se ganho mais duas horinhas de descanso, já que agora é chegar a casa, jantar, ver um bocadinho de tv e aterrar para acordar cedo outra vez. Não é mesmo vida para mim!
Além disso, está a dificultar-me a vida no que diz respeito aos treinos. E logo agora que até comprei umas sapatilhas novas! Assim fantásticas! Vou ver se as mostro em breve!