segunda-feira, 19 de maio de 2014

Diz que fiz uma espécie de meia maratona!

Sobrevivi à minha primeira meia maratona. 
Dizia eu que, se estivesse muito cansada, me encostava numa sombrinha a descansar. Pois. Se houvesse sombra! Os primeiros 15 quilómetros foram um horror! Sol e calor, sem pinta de brisa para ajudar a refrescar. Pensei que morria. Cheguei a um ponto em que tive mesmo de me encostar debaixo de um chisco de sombra a descansar uns minutos antes que me desse uma coisa má e tombasse para o lado. 

O dia começou cheio de percalços, com o resto da malta a chegar atrasada. Já não conseguiram levantar os dorsais, nem conseguimos apanhar o comboio para a linha de partida. Que era a 6 quilómetros. Distância que percorremos a pé! Quando lá chegámos, já a malta tinha arrancado há quase meia hora. Fizemos-nos à estrada e, ao terceiro quilómetro, já me apetecia desistir. Mas como queria muito beber água, fiz um esforço para chegar aos 5, onde havia abastecimento. Depois ainda devia ir mais à frente, mas olhei para aquela estrada quente, sem árvore nenhuma, e achei melhor voltar para trás. Mais cinco quilómetros debaixo de um calor horrível. Depois começaram a aparecer mais pontos de água e a estrada já tinha uma sombra na berma, o que ajudou a fazer os últimos quilómetros. Quando cheguei à meta já mal conseguia mexer as pernas!
Fiz um total de 16 quilómetros de corrida. Mais os seis da caminhada. Para quem costuma fazer distâncias bem mais curtas, nem foi mau! Mas uma coisa é certa: enquanto me lembrar do que me custou, tão cedo não me meto a correr ao sol!

2 comentários:

  1. disse exactamente o mesmo quando me aventurei numa de 15km...
    mas mesmo assim... parabéns! :)

    ResponderEliminar
  2. Muito bem :) Eu não faria tal coisa lol

    ResponderEliminar