quinta-feira, 29 de maio de 2014

Dilema aparentemente fútil, mas que faz toda a diferença no dia-a-dia de uma pessoa ou como falar de um tema sem ponta de interesse

Ao contrário da maioria das pessoas, eu não gosto das coxas do frango. Nem da parte a seguir. Só como o que fica do meio do bicho para a frente. Ou para cima, dependendo se está vivo ou morto.
Ora, para quem gosta de frango de churrasco, mas não tem com quem partilhar a parte de baixo / trás, este é um dilema, porque não há um raio de uma churrasqueira que faça a bondade de partir o bicho ao meio pela horizontal. Aposto o meu dedo mindinho em como haveria outra pessoa feliz da vida por levar para casa duas coxas, em vez da asa e do peito. 
Mas não!!! Já mandei a boca num ou outro restaurante, mas olharam para mim como se fosse maluca. Não há uma alminha que seja capaz de pensar nas pessoas que, como eu, sempre que querem comer um franguinho de churrasco, têm de ter companhia. De preferência alguém de goste de coxas! Pode não parecer, mas isto é um dilema do caraças!

1 comentário:

  1. Eu apercebi-me que praticamente me tornei vegetariana sem o ser porque nos supermercados a que vou as embalagens de carne são imensas (tipo para 4 pessoas) e eu só sou uma e não quero comer o mesmo várias refeições seguidas. Até porque carne para 4 dá para mim para umas 6 refeições... Portanto percebo o teu drama e se vivesse em Portugal teria todo o gosto em dividir o frango assado contigo :) e ficava com as coxas! (cá não há frango assado btw)

    ResponderEliminar