segunda-feira, 31 de março de 2014

Estou velha para estas coisas...

Sábado à noite, após jantar de aniversário do FM, fomos todos sair. Discoteca manhosa e depois bar menos manhoso. Com a porra da mudança da hora, cheguei a casa já era dia! Dormi pouco e acho que ainda não recuperei. Nem das horas de sono em falta, nem das visões do Demo (juro que não entendo a forma como as pessoas se vestem para sair à noite. Mas isto dava outro post) nem da porra do fumo do tabaco que quase me intoxicou. Mas quando é que se deixa de fumar em sítios fechados, de uma vez por todas??? 

Quando estava no jantar, maioritariamente com os amigos dele, lembrei-me do aniversário do ano passado, em que estavam lá as mesmas pessoas, mas para as quais eu era ainda uma estranha. E vice-versa. Tive tanta vergonha, que só queria um buraco para me esconder. Eles também não deviam ir muito à bola comigo. Estávamos juntos há menos de um mês e, honestamente, acho que ninguém punha muita fé no nosso namoro. Um ano depois, perguntam quando vamos marcar o casamento! 

1 comentário:

  1. Estamos velhas, pá! É o fumo, são as horas...já tudo nos faz confusão!

    ResponderEliminar