segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Ainda não é desta...

Sabeis que mais? Hoje fui à clínica dentária receber o orçamento que os queridos fizeram para pôr a minha dentuça no sítio. Ia tendo uma síncope quando vi o preço!

A dentista tinha-me dito que agora usavam uns aparelhos novos, auto-ligáveis, muito melhores que os outros, com muito melhores resultados e tudo e tudo. Esqueceu-se foi de dizer que não é comparticipado pelo seguro!!! E que custa a módica quantia de 630 euros! Ora eu tenho de colocar na dentuça de cima e na de baixo, estão a ver! 
O aparelho normal, pelo seguro, custa 255 euros. Uma piquena diferença, portanto!
Além disso, não estão a seguir os preços indicados no contrato da seguradora, alegando que a tabela não está correta, ou não foi actualizada. Basicamente, estão a tentar impingir-me o aparelho mais caro que têm, mais uma série de mariquices que totalizam a módica quantia de 2.600 euros. 
E eu, a bem dizer, não estou pra i virada.
Se tivessem explicado, logo de início, que aquele aparelho não era comparticipado, ou se o tivessem colocado no orçamento como alternativa ao outro, eu até podia pensar no assunto. Mas tentar impingi-lo da maneiro que fizeram, deitou por terra toda a credibilidade da clínica.

Pois que agora lá terei de procurar outro dentista... 
Mas há males que vêm por bem. É da maneira que peço uma segunda opinião. Sim, que a história de tirar dentes que estão muito bem no sítio deles, também não me deixou convencida...

3 comentários:

  1. Credo filha, era trabalhares 4 ou 5 meses só para pagar os dentes direitos. Procura outra coisa.

    ResponderEliminar
  2. Por experiência própria (tenho aparelho desde outubro de 2011) posso dizer que há preços muito mais em conta. Eu não tenho aparelho auto-ligável, tenho o tradicional por recomendação do dentista. A grande diferença está no tempo que temos de ficar com o aparelho. Com o tradicional pode ser uns 2 anos e com o auto-ligável menos uns meses. Pessoalmente acho que não compensa. Outra questão que para mim foi importante foi saber que não se paga o valor todo de um só vez. Paguei primeiro o aparelho superior e todos os meses pago a consulta de controlo para 'apertar' o aparelho. Um ano depois coloquei o aparelho inferior e aí paguei os outros 250€.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma diferença de preço demasiado grande! Com o seguro, o aparelho convencional também me fica por 250, mais 25 euros cada consulta para ajustar.
      Estive a fazer uma pesquisa sobre o aparelho auto-ligável e li o texto de um dentista que desvaloriza as vantagens do mesmo, dizendo mesmo que anda tudo a tentar impingi-lo, por ser mais caro, mas que no fundo fazem o mesmo. A diferença é que é mais higiénico e pode diminuir em dois ou três meses o tratamento. Ou seja, tendo em conta o preço, não compensa.

      Eliminar